domingo, 19 de fevereiro de 2017

Navegar no seu combustível, sonho ou realidade

Imagine-se um navio que navega no seu próprio combustível, isso mesmo, usando a agua do mar como combustível.

Isso já esta muito perto de se tornar realidade com o Módulo de Intercâmbio de Catiões Eletrolíticos, ou E-CEM ,que  foi desenvolvido pelo US Naval Research Laboratory.



É um dispositivo para a captura de dióxido de carbono da água do mar, e também gera hidrogênio como um subproduto, o que significa que você tem seus dois ingredientes básicos para fazer o seu próprio combustível.

Módulo de Intercâmbio de Catiões Eletrolíticos,

Isso é uma boa notícia para a Marinha, com a produção de  hidrogênio ,também poderia significar o uso  de hidrogênio em veículos elétricos de célula de combustível.


Este  dispositivo, chamado de Módulo de Intercâmbio de Catiões Eletrolíticos,  todo o processo ocorre sem a necessidade de produtos químicos adicionais ou a criação de subprodutos tóxicos.
Essa é uma enorme vantagem em comparação com os processos convencionais de recuperação de CO2 a partir da água do mar.


Esperemos que avance rápido a bem do nosso planeta.




Lobo Marinho 1 no Porto Santo em Julho de 1996

Logo que começou a operar entre o Funchal e o Porto Santo, o Lobo Marinho  despertou a curiosidade dos madeirenses levando a excelentes ocupações do navio.






Deois da experiência em 1995 do "Lady of Mann" a Porto Santo Line  adquiriu na Grécia o ferry "Pernas Safari" fazendo algumas alterações para permitir a operação no Funchal e Porto Santo com automóveis, camiões e contentores e começando a operar em Junho de 1996.


Ficam umas fotos para os saudosistas.


Cimenteiro "Terceirense" "Lobo Marinho" e "Madeirense"



©: Fotos: Revista de Marinha

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Thunder Child em testes

A embarcação de patrulha Thunder Child , alimentada por motores C12.9 Caterpillar 1.000 hp. durante os testes eles com ventos de 50 nos e ondas de 6m, durante os quais a embarcação teve um excelente comportamento.



Foto Safehaven Marine .



O XSV 17 'Thunder Child' é um desenvolvimento da nova gama Barracuda de alta velocidade, concebida para embarcações de patrulha para operações comerciais, SAR e navais. O novo design traz capacidades ainda maiores incorporando maior velocidade, maior alcance, maior capacidade da tripulação e um RCS ainda mais baixo. 








Primeira foto promocional da Porto Santo Line

Decorria o ano de 1990 quando a Porto Santo Line arrancou com as viagens regulares de passageiros e carga com o cargueiro "Madeirense", que tinha sido transformado em Lisboa, para aumentar a sua capacidade de passageiros de 12 para 120.
Esta é primeira foto promocional da PSL,








N/M Madeirense atracado no cais norte do porto do Funchal

Foto Revista de Marinha

Laura S de volta

Afim de compensar o cancelamento da escala programada para o dia 10 de Fevereiro, devido ao mau tempo, o porta contentores da Box Lines "Laura S" esteve ontem na ilha dourada colocando assim na ilha a mercadoria que estava em atraso.
Descarregou 6 contentores e carregou 20 com destino a Lisboa e ao Caniçal.

Atracou ás 22.45 e saiu ás 09h de hoje.







Transinsular Compra "Chem Dasy"

O navio tanque, "Chem Daisy", que fazia abastecimento de combustíveis inter-ilhas ,nas ilhas açorianas , ao serviço da Transinsular, foi comprado pela  mesma Transinsular e  renomeando-o   de “São Jorge.

 O “São Jorge” ex “Chem Daisy” encontrava-se retido no porto da Horta, desde 23 deMaio de 2016.

Agora hasteia a bandeira Portuguesa (Registo  Mar)

Ja em Janeiro ultimo a RTP Açores avançou com a noticia da provável venda do navio 


Chem Dasy na Graciosa. foto de Manuel Bettencourt




quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

M/V Pico Castelo

Construido em 1973 em Aalborg na Dinamarca como "Laila Dan" o M/V Pico Castelo  foi adquirido  pela Empresa de Navegação Madeirense em 1996,   para a a linha da Madeira, sendo  convertido em porta contentores em Klaipeda na Lituania,
Navegou algum tempo ao serviço da Empresa de Navegação Madeirense tendo depois ficado imobilizado em Lisboa devido a uma avaria grave apos o que foi abatido e desmantelado na Turquia em 2002.




MV Bamsa Dan  Foto: Arkivbillede.




Características

Tipo Reeffer
Ano construção;1973
Comprimento .135 m
Tab 4999 ton
Velocidade 17.5 nós
Imo 739228
Nomes 
Laila Dan 1973
Bansa Dan 1973
Nivi Ittuk 1983
Tinka Artica 1992
Pico Castelo 1996 (transformado em porta contentores)

M/V Pico Castelo Foto Rui Amaro http://www.shipsnostalgia.com